sábado, 8 de junho de 2013

A Longa Aventura de Blueberry. Lugares e Mitos do Oeste em uma Bande Dessinée Francesa

O título desse material blueberryano é uma homenagem ao seu irmão italiano Tex - "La lunga avventura di Tex. Luoghi e miti del West in un fumetto italiano" (A longa aventura de Tex. Lugares e mitos do Oeste em uma história em quadrinhos italiana), título do livro de Franco Musso, publicado pela Comune di Genova, Assessorato al Decentramento Centro Cívico, para a mostra texiana realizada em Sampierdarena, Itália, no período de 13/12/1986 - 13/01/1987. Os personagens, os lugares, as habitações, as companhias, os cargos públicos citados estão presentes nas histórias do Tenente Blueberry. Curiosamente, a principal fonte de informações é um estupendo livro sobre o Ranger mais temido do Oeste e o próprio West selvagem: “Atlante di Tex”, do texiano Aurelio Sangiorgio. Ambos os personagens vivem as suas aventuras em regiões vizinhas ou nas mesmas, como o Arizona e o México.


A histórica página de guarda da série "Blueberry".


Sergio Bonelli disse que o Blueberry é o irmão francês de Tex. O editor italiano convidou, por diversas vezes, o fenomenal desenhista blueberryano Jean Giraud, álias Gir, álias Mœbius, para realizar um “Texone”, entretanto o notável artista francês sempre recusou por falta de tempo, haja vista estar envolvido em vários projetos de arte seqüencial, como “O Incal”, “Major Fatal” e o amado Tenente cabeludo e corajoso; agora, os dois geniais amantes da 9ª Arte cavalgam, lado a lado, nas pradarias celestiais.

Mike Steve Donovan esteve em companhia de várias figuras históricas do Oeste, algumas amigas, outras não; ou pelo menos participaram das belas narrativas de seus roteiristas: Jean Michel Charlier, Jean Giraud e François Corteggiani. Famosos chefes indígenas como Cochise, Geronimo e Victorio; também notórios líderes militares entre eles Robert Edward Lee, Ulysses Simpson Grant, Philip Henry Sheridan, William Tecumseh Sherman, William Clarke Quantrill e o "General Cabeça Amarela" tipificando George Armstrong Custer; os irmãos Wyatt, Virgil e Morgan Earp, Doc Holliday, e até Wild Bill Hickok, entre tantos personagens lendários. 
Mike Steve Blueberry.

Um pueblo e uma kiwa estão no ciclo considerado por muitos como o melhor de todos: O Ciclo do Ouro de Prosit Luckner (“A Mina do Alemão Perdido” e “O Espectro das Balas de Ouro”) de Charlier e Giraud, baseado em uma história western verídica. Paisagens, animais, cidades, aldeias, móveis, objetos, trens, pessoas, vida, muita vida ilustrada de maneira sublime por talentosos e formidáveis artistas: Jean Giraud, Colin Wilson, Michel Blanc-Dumont, William Vance e Michel Rouge. Diferentemente de “Tex”, “Blueberry” não é uma série mensal, digamos que seja anual, entretanto, algumas vezes se espera por anos por um álbum, uma obra-prima de ilustrações, cores e narrativa deslumbrantes.

Mike Blueberry percorreu muito mais lugares e conheceu bastante gente em seus 90 anos de vida, do século retrasado ao passado. Ele foi Tenente, Xerife, Marshal e atualmente é um jogador de pôquer com bonitas recordações de sua intensa vida. Acompanhamos a sua longa cavalgada e as suas aventuras que misturam realidade com ficção, história com fantasia, verdade com sonho...

Afrânio Braga


Cochise, Chini, Blueberry, Vittorio e os Apaches 
em "La Tribu fantôme" ("A Tribo Fantasma").

Apache
Na sua língua, de origem Athapaskan, como os Navajos, se definem Tin-Ne-Ah (O Povo; assim como os Navajos que se chamam Di-Neh). O nome Apache deriva provavelmente de um termo Zuni que significa "inimigo". Parece que se fixaram por volta do século XV no território entre os atuais Estados do Novo México e do Arizona, mas com hábitos nômades. Os grupos eram formados por famílias matriarcais que se organizavam em bandos: a tribo era uma organização praticamente desconhecida. Eram, e são substancialmente divididos em dois grupos: os Apaches ocidentais, formados pelos White Mountains, San Carlos, Pinal, Fort Apache, Carrizo, Arapaiva, Tonto, Chibecua e os orientais Jicarilla, Mescaleros, Lipan e Chiricahua. Outros textos fazem invés essa distinção: ocidentais Chiricahua, Mescalero, Jicarilla, Arapaiva; orientais Apache-Kiowa, Mimbreno, Tonto, Coyotero. Viviam comunitariamente da caça e da colheita e moravam nos teepee como os índios das planícies, todavia vivendo também em zonas montanhosas do sudeste do Arizona e do norte do México. Atualmente, vivem em reservas no Arizona e no Novo México.


Palomito, uma pequena cidade fronteiriça, no Arizona, em 
"La Mine de l'Allemandu perdu" ("A Mina do Alemão Perdido").

Arizona
É o Estado, dos Navajos e dos Apaches, que adotou Tex, não obstante as suas origens texianas (N. C.: também adotou Blueberry, de origem georgiana). É grande: 295 mil km2 e tem 3 milhões de habitantes; foi o último Estado continental a fazer parte da confederação estadunidense, em 29 de dezembro de 1912 (como quadragésimo). No seu interno vivem cerca de 300 mil índios recolhidos nas reservas; os mais numerosos são os Navajos e os Apaches, mas estão presentes também Pima, Papago, Yuma, Hopi, Hualpai e Havasupai. Sob o domínio espanhol de 1540 a 1821, pertenceu ao México até 23 de fevereiro de 1863, quando se declarou independente com capital Prescott.


Atlanta em "A Pista dos Malditos",
"A Juventude de Blueberry".
Atlanta
Capital da Georgia, atualmente com cerca de meio milhão de habitantes. A sua importância histórica deriva do fato que foi ocupada pelo General Sherman, em 22 de dezembro de 1864, e isto deu o golpe de misericórdia às tropas sulistas. Para visitar o Meldrim House, o quartel general de Sherman. Nas vizinhanças encontramos Forte Mc Allister e Forte Puloski, dois fortes sulistas conquistados pelos soldados da União durante a Guerra Civil.
Atlanta localiza-se no Condado de Fulton, do qual a cidade é sede. Foi fundada em 1837 com o nome de Terminus. Passou a designar-se Marthasville em 1843, e Atlanta em 1845. Foi destruída em 1864 durante a Guerra Civil dos Estados Unidos da América. Reconstruída depois da guerra, tornou-se a capital do Estado em 1868. Foi palco dos Jogos Olímpicos de Verão de 1996.
Junto a Dallas, Houston e Miami, Atlanta é um dos motores propulsores do "Novo Sul", que, havendo superado os obstáculos do passado, é atualmente a região de maior crescimento populacional e econômico dos Estados Unidos. Atlanta vem assumindo cada vez mais um lugar entre as grandes metrópoles mundiais, deixando para trás o seu status de mero centro regional.


Forte Bowie em "La Longue Marche" ("A Longa Marcha").

Bowie, Forte
Posição militar construída nos arredores de Apache Pass pelo General James H. Carleton após a batalha com os Apaches de Cochise e Mangas Coloradas. Possuía uma guarnição de 46 soldados em 1867, de 155 em 1870 e de 110 em 1878.


Cavalo Louco (1840 – 1877)
Chefe Lakota Oglala; o seu nome indígena era Tasunka Witko. Foi, juntamente com Touro Sentado, o símbolo da resistência Sioux aos brancos; participou das vitoriosas batalhas Fetterman, Rosebud e Little Big Horn. Atraído para uma cilada em 16 de setembro, foi assassinado com um golpe de baioneta pelo soldado William Gentles, um irlandês do 14º Infantaria.


Central Pacific
Companhia que construiu a parte ocidental da ferrovia continental que ligou Sacramento com Omaha. Em 10 de maio de 1869 os trilhos da Central Pacific se uniram com aqueles da Union Pacific, provenientes da direção oposta, em Promontory Point no Utah. Em 1862 o presidente Lincoln concede às companhias o contrato pela construção da ferrovia transcontinental, garantindo para as duas um financiamento estatal de 16 mil dólares por cada milha de estrada ferroviária construída, dez dólares o metro.


Blueberry, Jimmy McClure e Red Neck chegam a Chihuahua
 em "La Dernière carte" ("A Última Cartada").

Chihuahua
Capital do homônimo Estado mexicano fronteiriço com o Texas, na margem esquerda do Rio Grande. Para visitar o museu de Pancho Villa e aquele de Benito Juarez.


Cochise, Blueberry e os Apaches fugindo em "Nariz Partido".

Cochise (1810 - 08/06/1874)
Guia indiscutível de todas as tribos Apaches Chiricahua. Em 1862, Cochise aceitou estipular um tratado com os brancos e se retirou para a reserva designada à sua tribo. Morre dois anos mais tarde.


Colorado, Rio
O Rio Colorado é o principal responsável pelo aparecimento do Grand Canyon. Suas águas rápidas, fruto principalmente do degelo das Montanhas Rochosas, escavaram a superfície do Deserto do Arizona ao longo de milhões de anos até constituir as formas que se vêem hoje. O rio nasce no Estado homônimo e atravessa todo o Grand Canyon até desembocar no Oceano Pacífico. Seu nome, Colorado, vem das diversas tonalidades que suas águas assumem ao longo do ano, indo do verde-escuro, no período da seca, até o vermelho na época das chuvas.


O General Allister tipifica Custer em 
"Général Tête Jaune" ("General 
Cabeça Amarela"). N.C.: Esse 
grande quadrinho, tomando toda 
altura de uma página, foi publicado
 em “Pilote”, de 11 de julho de 1968,
 e ilustrava resumo dos episódios
 precedendo “General Cabeça 
Amarela”. Por falta de lugar, essa
 prancha não foi incluída, no 
álbum que se seguiu, juntamente
 com dois quadrinhos da prancha 2. 
Fonte: jmcharlier.com

Custer, George Armstrong (1839 - 1876)
É o mais famoso dos generais estadunidenses; na realidade era subtenente e foi nomeado general durante a Guerra Civil por falta de oficiais de alto grau. Ao término da guerra foi nomeado tenente coronel. É o responsável pelas carnificinas do Washita e o protagonista, negativo, da batalha de Little Big Horn, em Montana, onde a sua arrogância e a sua incapacidade levaram ao massacre toda a sua tropa. Little Big Horn é mais famosa batalha das guerras indígenas, em cuja, no dia 25 de junho de 1876, ele acabou por encontrar a morte. Nessa operação, ele conduziu o Sétimo Regimento de Cavalaria em um ataque contra a maior concentração de índios da história dos Estados Unidos. Entre os líderes indígenas, estavam Touro Sentado, Cavalo Louco, Galha e Duas Luas.
Comandando cerca de seiscentos homens, Custer dividiu suas tropas em quatro colunas. Uma, comandada por ele e as outras, comandadas pelo major Reno, pelo capitão Benteen e pelo capitão McDougal. Dando início ao ataque, Custer tentou cercar a aldeia atacando em vários pontos, o que acabou por decretar sua derrota. Além de a aldeia ser enorme, com cerca de 10000 índios, com 3000 ou 4000 guerreiros, seus comandados, principalmente Reno e Benteen, desobedeceram suas ordens e o abandonaram, cercado, com cerca de 210 homens.


Davis, Jefferson Finis (1808 - 1889)
Presidente dos estados confederados do sul. Após a derrota dos sulistas foi processado por alta traição e anistiado em 1868.


Defiance, Forte
Tinha 256 homens de guarnição em 1860; é próprio ao interno da reserva Navajo na fronteira com o Novo México.


Wyatt Earp (à esquerda) ao lado de Virgil, seu irmão, 
no Duelo do OK Corral, contra os Irmãos McLowery 
os Clanton (Ike, de barba, e Billy, à direita) em "Dust".

Earp, Wyatt
É imortalizado por aquela breve tiroteio, passado à história como um dos mais famosos acontecimentos do Oeste: o duelo do O.K. Corral. Não obstante um passado nada cristalino - foi também ladrão de cavalos e gerente de saloon entre outros equívocos - foi nomeado vice-xerife de Tombstone. O xerife era seu irmão Virgil; com ele, Doc Holliday e o outro irmão Morgan, limpam a cidade do bando Clanton. Um episódio pequeno que se tornou epopeia, imortalizada por um excelso Burt Lancaster.



Um forte em "O Cavaleiro Perdido".


Jimmy McClure chegando em Forte Navajo.

Forte
Na época, era uma guarnição militar avançada, feita de madeira e/ou tijolos, para proteger os seus habitantes e os colonos na expansão rumo ao Oeste e o país de invasão estrangeira; também era um posto de suprimentos às tropas, sendo importante nas guerras indígenas e na construção da estrada de ferro costa a costa dos Estados Unidos da América.


Desenho da capa de
"Geronimo, o Apache".
Geronimo
Índio apache chiricahua nascido em 1823 nas cercanias do Gila, no Novo México. Depois de tantas aventuras e combates com o exército se rende em 3 de setembro de 1886 em Skeleton Creek ao General Miles. Foi deportado para a Florida de trem e então transferido para o Oklahoma. Morre no inverno de 1909 de pneumonia, após ter caído do cavalo e ter passado uma noite inteira em uma vala, nas redondezas de Lawton, no Oklahoma.




Grand Canyon
A erosão que virou espetáculo natural. Foram necessários 6 milhões de anos para que os 443 quilômetros do Grand Cayon se formassem.
O Grand Canyon, localizado no noroeste do Estado do Arizona, nos Estados Unidos, é o maior cânion do mundo, com 443 quilômetros de extensão. Escavado pelas águas coloridas do Rio Colorado ao longo de 6 milhões de anos, o Grand Canyon tem fendas verticais que chegam a incríveis 2.100 metros de altura. Em alguns pontos fecha-se numa garganta estreita com menos de 200 metros entre seus paredões. Em outros, expande-se para que sua fenda atinja os 29 quilômetros de largura.
Blueberry tocando violão no Grand Canyon
em "L'univers de Gir", Dargaud Éditeur, 1986.
O Grand Canyon é uma área de importante interesse geológico, pois a erosão de seus paredões revelou marcas de três das quatro Eras geológicas da Terra. Outro atrativo são as areias do lugar, que podem assumir cores e tonalidades diferentes de acordo com a composição do solo e a incidência de luz.
A região do cânion já era habitada por índios quando chegaram os primeiros europeus, em 1540. No entanto, a primeira expedição bem-sucedida pelas águas do Colorado só aconteceu em 1869. Desde então, a beleza do cânion atrai um número crescente de visitantes. Em 1919, foi criado um parque nacional para proteger a paisagem, o Rio Colorado e os animais que vivem na região, que incluem o condor. Hoje, o lugar recebe cerca de 5 milhões de turistas por ano. Além de contemplar a paisagem, os visitantes podem praticar atividades que vão da simples caminhada por suas trilhas que cruzam o cânion até o “rafting” pelo Rio Colorado, rapel pelas paredes do cânion e balonismo.


O Presidente Ulysses Simpson Grant inocenta Blueberry. À esquerda: 
Jimmy e Red Neck. "The End of the Trail" ("Le Bout de la piste" - "O 
Fim da Pista"), edição americana da Epic Comics. Charlier e Giraud.

Grant, Ulysses Simpson (1822 - 1885)
Décimo oitavo presidente dos Estados Unidos, republicano; foi comandante chefe do exército da União durante a Guerra Civil. Foi eleito presidente em 1869 como sucessor de Andrew Jackson e reeleito em 1873. Ely Parker, comissário do BIA (N. C.: Bureau of Indian Affairs), foi fidelíssimo a Grant.


Guerra Civil
A Guerra Civil americana, famosa na Itália como Guerra de Secessão, foi combatida entre 12 de abril de 1861 e 2 de abril de 1865. Esquematicamente as causas são para se pesquisar em fatores econômicos e justificativas morais. Os estados "nortistas" (com população formada por industriais, colonos e pequenos proprietários) apoiavam-se fortemente em um desenvolvimento industrial acelerado e consideravam os escravos como fonte de mão de obra a baixo custo e como exército industrial de reserva; os onze estados separatistas (Texas, Arkansas, Louisiana, Mississippi, Alabama, Tennessee, Geórgia, Florida, Carolina do Norte, Carolina do Sul e Virginia) baseando, ao contrário, a sua economia em latifundiarismo de plantação, miravam a manutenção da escravidão que, se, outrossim, significava baixa renda por hectare, garantia o seu aristocrático padrão de vida. A eleição de Lincoln em 1860 significou, então, não tanto a libertação dos escravos (que ocorreu formalmente apenas em 1º de janeiro de 1863) quanto a perspectiva de uma transformação global do sistema econômico sulista. A Carolina do Sul foi o primeiro estado a declarar a secessão, em 20 de setembro de 1860 e em 8 de fevereiro de 1861 os Estados separatistas proclamaram, em Montgomery no Alabama, o nascimento dos Confederate States of America (N. C.: Estados Confederados da América), constituindo um governo provisório com o chefe Jefferson Davis e em 12 de abril, com o ataque a forte Sumter, guarnição da União, a guerra explodiu.
A Guerra Civil, ou Guerra de Secessão.
"Gettysburg", "A Juventude de Blueberry".
As forças em campo eram em evidente desequilíbrio: os vinte estados da União tinham 19 milhões de habitantes, os confederados 9,5 de cujos 3,5 de escravos negros; a rede ferroviária ao norte era mais que o dobro daquela ao sul; o capital bancário era o triplo, a frota uma tonelagem quádrupla e os investimentos industrias eram o quíntuplo. Nos primeiros dois anos o exército sulista liderado por Lee, melhor armado, organizado e liderado, infringiu duras derrotas ao da União entre as quais Bull Run e Yorktown; mas a partir de 1863 o peso da indústria bélica nortista torna-se determinante, basta pensar na produção em série dos fuzis de repetição, contra os quais não podiam competir os antiquados fuzis de recarga dos confederados.
Sob a liderança dos generais Grant, Sherman e Sheridan, os "casacos azuis" venceram em Antietam, Vicksburg, Port Hudson, Gettysburg e conquistaram todos os centros importantes do sul: Atlanta, Savannah, Columbia e Charleston. A guerra se concluiu em Appomatox, na Virginia, quando Lee assinou a rendição a Grant; custou seiscentos mil mortos e foi o mais sangrento conflito após as guerras napoleônicas.


Hickok, à direita, 
em "Nariz Partido".
Hickok em 
"Nariz Partido".
Hickok, Wild Bill
O seu verdadeiro nome era James Butler Hickok e viveu entre 1837 e 1876. Foi scout para o exército e xerife de Hays City, por conseguinte de Abilene. Em 2 de agosto de 1876, enquanto jogava poker no saloon N. 10 de Deadwood no Dakota, foi atingido pelas costas por Jack Mc Call; como é conhecido tinha na mão um duplo par de ases e oito pretos (até hoje conservado no museu local), a "mão do morto". Os seus cabelos eram longos, tinha fama de pistoleiro infalível e sem muitos escrúpulos (parece ter matado mais de cinqüenta homens, um número impreciso de sulistas e índios). Participou também do Wild West Show de Buffalo Bill.


Hoogan, ao fundo, 
em "A Pista dos Navajos".

Hoogan

Cabana apache feita com estacas e terra.









A entrada de uma kiva em "O Espectro das Balas de Ouro".

O interior de uma kiva em 
"O Espectro das Balas de Ouro".
Kiwa
Templos subterrâneos dos índios Pueblo onde eram efetuadas cerimônias religiosas clandestinas (proibidas pelas autoridades durante a ocupação espanhola).
N. C.: também chamada de kiva. 
Câmara subterrânea, onde alguém não penetraria se não fosse pelo teto e onde os índios pré-colombianos e depois os Apaches, os Hopis, os Zunis, celebravam os seus rituais secretos e praticavam a magia. Mulheres e não-iniciados não podiam penetrar sob pena de morte.




Lincoln em "Le Sentier des 
larmes", "A Juventude 
de Blueberry".

Lincoln, Abraham (1809 - 1865)
Presidente (o décimo sexto), republicano, dos Estados Unidos de 1860 a 1865, ano no qual foi assassinado por John Wilkes Booth, fanático sulista, em 14 de abril no Ford's Theatre (511, 10th Street, Washington). O teatro ainda está em funcionamento e aberto para visitação. Em 22 de setembro de 1862 Lincoln proclamou a abolição da escravatura, entrada em vigor em 1º de janeiro de 1863.





Blueberry em "Missão Sherman", 
"Marshal Blueberry". Giraud e Vance.
Marshal
Defensor da ordem na cidade, com a tarefa de aplicar as leis do Estado, mas somente no interno dos limites citadinos.
Também escrito marshall, no Inglês Britânico.
No Velho Oeste americano (por exemplo, no Território do Arizona da década de 1880), marshals, usualmente chamado de 'Town Marshal', ou 'City Marshal', eram nomeados ou eleitos  policiais de pequenas comunidades, com poderes e deveres semelhantes aos de um chefe de polícia, esses poderes geralmente terminavam na fronteira da comunidade. Em contraste, agentes federais (US Marshals) trabalhavam em uma área maior, especialmente em país pioneiro, esta área, possivelmente, sobreposta com o Estado ou o território do escritório do condado (Western lawmen). A palavra ainda é utilizada neste sentido, especialmente no sudoeste dos Estados Unidos. Town or City Marshal ainda é o nome para o oficial chefe de algumas forças policiais da comunidade.


Nana (1800 - 19/05/1896)
Chefe apache mimbres, sobrinho de Delgadito; esposou uma irmã de Geronimo e participou de todas as campanhas conduzidas por Victorio. Conseguiu fugir do cerco dos mexicanos em Tres Castillos e em 1881 iniciou sua guerra pessoal com poucos guerreiros, até quando se rendeu em 1886 ao general Miles. Morreu prisioneiro em forte Still.


Navajos em "A Pista dos Navajos".

Navajo
Dinè, O Povo. População de língua Athabaska, por conseguinte aparentados com os Apaches; por cerca de novecentos anos permanecem no sudeste americano. Vivem em cerca de 220 mil na maior das reservas estadunidense (65 mil quilômetros quadrados) compreendida nos estados do Arizona, Novo México e Utah. A sua economia é baseada no turismo, artesanato e agricultura. São os índios de Tex (N. C.: e de Blueberry), mesmo se foram combatidos há muito, na realidade, propriamente por Kit Carson que os deportou em 1863 para o Novo México; puderam retornar aos seus territórios somente em 1868. Sendo sedentários, as suas habitações não eram os teepee, mas os hoogan.



O Duelo do O.K. Corral em "Dust".

O.K. Corral
É o velho curral de Tombstone, em Allen Street, onde em 26 de outubro de 1881 ocorreu o famoso tiroteio entre Wyatt, Morgan e Virgil Earp e Doc Holliday contra Ike e Billy Clanton e Tom e Frank Mc Laury. Durou apenas trinta segundos, Doc, Morgan e Virgil ficaram feridos, Tom, Frank e Billy mortos, Ike conseguiu fugir. Ainda hoje é aberto a visitação e todo domingo oito comparsas reproduzem o acontecimento.
N. C.: O sobrenome McLaury também é grafado McLowery.


O.K., origem do termo
Nem os historiadores têm certeza da origem do “OK” e dão possíveis explicações para a mesma: alguns dizem que vem de uma língua indígena choctaw, "okeh", outros de origem africana, outros de um porto francês, outros de brincadeiras com a frase "all correct". Tem havido numerosas tentativas de explicar a emersão dessa curiosa expressão coloquial, a qual parece ter arrebatado em uso popular nos Estados Unidos durante meados do século XIX. Muitas delas são indubitavelmente pura especulação. 
Não parece totalmente provável de evidência lingüística e histórica, que deriva da expressão escocesa “och aye”, do grego “ola kala” (“isso é bom”), do indígena choctaw “oke” ou “okeh” (“está bom”), do francês “aux Cayes” (“de Cayes”, um porto no Haiti com fama de bom rum), ou “au quai” (“ao quay”, como supostamente usado pelos portuários de língua francesa) ou as iniciais de um agente de carga ferroviário chamado Obediah Kelly que é dito tê-las escrito nos documentos de carga que ele conferia.
A mais velha referência escrita para “OK” resulta de sua adoção como um lema do Partido Democrático durante a eleição presidencial de 1840. O seu candidato, Presidente Martin Van Buren, foi apelidado de “Old Kinderhook” (após seu nascimento no Estado de Nova Iorque), e seus partidários fundaram o “OK Club”. Isso sem dúvida ajudou a popularizar o termo (apesar do Presidente Van Buren não ter sido reeleito).
Durante os últimos anos da década de 1830 houve uma breve, mas propagada loucura nos Estados Unidos por erros ortográficos engraçados, e a forma “orl korrekt” que estava entre eles pode explicar as iniciais “OK”. Tal teoria tem sido apoiada por mais de um renomado estudioso norte-americano e é dada em muitos dicionários, incluindo o Oxford.
A única outra teoria com um mínimo de credibilidade é que o termo originou-se dos escravos negros africanos e representa uma palavra significando "all right, yes indeed” (“tudo bem, “sim, de fato”), em várias línguas da África Ocidental. Infelizmente, as evidências históricas permitindo que a origem dessa expressão seja finalmente e firmemente estabelecida possa ser difícil de desenterrar.
N. C.: Okay (oukêi), do inglês, significa “de acordo”, “sim”; “certo”, “bom”; “sem dúvida”, “está bem”, “está certo”.


Panela Preta
Moketavato em língua indígena. Foi vítima da fúria homicida de Custer que, em 27 de novembro de 1868, exterminou o seu acampamento cheyenne ao longo do rio Washita. Em 29 de novembro de 1864, a sua aldeia foi atacada e destruída por Chivington, em Sand Creek, mas ele conseguiu se salvar. Como é famoso, sobre a sua tenda tremulava uma bandeira americana.



Allan Pinkerton em "Le 
Boucher de Cincinatti".
Pinkerton, Allan
Imigrante escocês, fundador da mais famosa agência de investigação privada americana; em 1850 a Pinkerton's National Detective Agency iniciava aquele trabalho de pesquisa, arquivamento e estudo, que bem rápido rendeu os seus métodos não somente muito eficazes, mas também totalmente diversos daqueles clássicos usados pelos xerifes. Pode-se dizer que a Pinkerton é considerada a precursora da Interpol e do FBI.
N.C.: Allan Pinkerton comparece em algumas histórias da série "A Juventude de Blueberry".



Pistas
As pistas se dividiam em dois tipos: aquelas em direção sul-norte eram reservadas ao tráfego das manadas de gado dos pastos às cidades onde eram localizados os maiores matadouros. Em média uma manada de bovinos levava quatro meses para percorrer dois mil quilômetros. As cidades do gado eram em geral situadas nos pontos de encontro entre as pistas e as ferrovias; de Wichita ou Abilene, por exemplo, as manadas eram carregadas em trens em direção de Chicago ou Nova York. As outras pistas eram aquelas leste-oeste que levavam os pioneiros e os colonos da costa atlântica rumo ao Oeste selvagem. A extensão média era entre 3 e 4 mil quilômetros.


Pow Wow para celebrar a cerimônia de irmãos de sangue 
entre Vittorio e Blueberry em "A Longa Marcha".
Pow Wow
Na linguagem dos índios indicava barulhentas cerimônias nas quais, entre danças e cantos, os feiticeiros se esforçavam e expulsar os espíritos malignos dos doentes. Os cowboys adotaram o termo atribuindo o mais simples significado de reunião. Com o tempo o pow wow tornou-se um encontro intertribal, uma espécie de festa sacra entre tribos durante o qual se estipulavam acordos políticos, se orava e se tratavam negócios.


Promontory Point
Localidade do Utah, a norte de Salt Lake City onde, em 10 de maio de 1869, se encontraram a locomotiva 119 da Union Pacific, procedente de Omaha e direta rumo oeste, e a Jupiter da Central Pacific, procedente de Sacramento e direta rumo leste. O Leste e o Oeste estadunidenses eram finalmente unidos, através da ferrovia e do extermínio dos índios.


Um pueblo nos Montes da Superstition, Arizona, 
em "O Espectro das Balas de Ouro".

Pueblo
Típica aldeia dos homônimos índios do sudoeste dos Estados Unidos. É constituída de casas de adobe em andares sobrepostos. Ainda hoje são belíssimas e visitadas no Novo México.


Quantrill em "Terror no Kansas", "A Juventude de Blueberry".

Quantrill, William Clarke
Originário do Missouri, é lembrado como um dos mais sanguinários guerrilheiros sulistas que aterrorizavam os Estados Unidos durante a Guerra Civil. Foi ativo, sobretudo no Kansas, atuando uma luta sem quartel contra os antiescravocratas; do seu bando fazia parte também Jesse James. Foi morto após um tiroteio com a cavalaria nortista em 6 de junho de 1865, a guerra acabava.
N. C.: Quantrill participa de algumas histórias de “Blueberry” e de "A Juventude de Blueberry".


Reserva Indígena Apache San Carlos em "A Tribo Fantasma".

San Carlos Apache Indian Reservation
San Carlos Apache Indian Reservation (Reserva Indígena Apache San Carlos), no sudeste do Arizona, Estados Unidos, foi criada pelo Presidente Ulysses Grant, em 14 de dezembro de 1872, como uma reserva para a tribo Apache Chiricahua. Foi referida, por alguns, como "Hell's Forty Acres" ("Quarenta Acres do Inferno"), devido às péssimas condições ambientais e de saúde.


General Sheridan em "Rédemption",
"A Juventude de Blueberry".
Sheridan, Philip Henry (1831-1888)
General do exército nortista durante a Guerra Civil; foi sucessivamente o comandante da divisão do Missouri e liderou a campanha contra os índios que se concluiu com Little Big Horn. É lembrado pela ignóbil frase "os únicos índios bons que eu vi estavam mortos".
N. C.: O General Sheridan participa de algumas histórias da série "A Juventude de Blueberry".



General Sherman em 
"A Solução Pinkerton",
"A Juventude de Blueberry".
Sherman, William Tecumseh (1820-1891)
General do exército nortista que substituiu a Ulysses Grant no comando supremo durante a Guerra Civil, conquistou a Georgia e as duas Carolinas. A ele foi atribuída a seguinte frase referente aos índios Modoc de Capitan Jack: "Não será necessário encontrar para eles nenhuma outra reserva exceto os túmulos que foram escolhidos entre os Lava Beds.".
Ele foi soldado, homem de negócios e escritor estadunidense. Um dos seus irmãos mais novos foi o político e jurista John Sherman. Recebeu reconhecimento como notável estrategista militar e críticas para a dureza da sua política da terra arrasada contra os Estados Confederados.
Nas palavras do historiador militar Basil Liddell Hart, Sherman foi "o primeiro general moderno" e "o gênio mais original da Guerra Civil Americana". Recebeu essa qualificação por ter sido um dos primeiros líderes militares a utilizar conscientemente a destruição da base econômica e da moral da população civil do oponente como meio principal de vencer o conflito, dentro dos princípios da guerra total.
N. C.: O General Sherman participa de algumas histórias da série "A Juventude de Blueberry".


Sioux
Nome genérico que agrupa três grupos principais: Lakota ou Teton, Santee ou Dakota, Nakota. Os Teton eram e são o grupo mais numeroso, dividido em sete Povos: Oglala, Hunkpapa, Brulè, Minneconjou, Blakfeet, Itazipco ou Sans Arc e Two Kettle-Due Marmitte. Cavalo Louco era um Oglala, como Nuvem Vermelha, Touro Sentado um Hunkpapa. Os Oglala vivem hoje na reserva de Pine Ridge, os Brulè naquela de Rosebud, Minneconjou e Itazipco naquela de Cheyenne River, os Hunkpapa naquela de Standing Rock, compreendidas nos estados de Montana, Dakota do Norte e do Sul. Atualmente são mais de cem mil. Foram os mais obstinados opositores do homem branco contra o qual combateram grandes e épicas batalhas, a partir de Little Big Horn, de Rosebud, de Powder. O massacre de Wounded Knee, onde foi exterminada a tribo dos Minneconjou de Pé Gordo marcou o fim das guerras indígenas.


Teepee em "Apaches", álbum fora de série de Blueberry.

Teepee
É uma tenda cônica, também chamada tipi, tepee, tradicionalmente feita de peles de animais e postes de madeira, utilizada pelas tribos nômades e habitantes das tribos sedentárias (quando caçavam) das Grandes Planícies dos Estados Unidos.


Tombstone em "Mister Blueberry".

Tombstone
Um nome lendário e uma cidade que vive do seu mito. Encontra-se no Arizona meridional, a quase 300 quilômetros de Tucson. Na prática é uma verdadeira e própria cidade museu. A colina das botas (o cemitério), o velho tribunal de 1882 estão ainda ali, como 150 anos antes. E quem deseja sonhar um pouco, pode desfrutar o show do O.K. Corral, que renova com caprichada precisão o meio minuto de fogo infernal de Wyatt Earp. Por não se deixar esquecer o Bird Cage Theatre.
N. C.: Tombstone, do inglês, significa "pedra tumular", "lápide".


O jornal "Tombstone Epitaph" em "Sombras sobre Tombstone".

Tombstone Epitaph
É o jornal de Tombstone, fundado na metade dos anos 80 do século XIX, quando a cidade tinha dez mil habitantes, hoje tem apenas 1300.


Touro Sentado Tatanka Yotanka (março de 1831 - 15 de dezembro de 1890)
É provavelmente o mais famoso dos chefes indígenas, Sioux Lakota Hunkpapa. A sua tribo, junto aos Cheyenne, aos Arapaho e aos Sioux Lakota Oglala de Cavalo Louco, participou da vitoriosa batalha de Little Big Horn contra Custer. Em 1877 se refugiou no Canadá e retornou aos Estados Unidos somente em 1881; em 1885 entrou no Wild West Show de Buffalo Bill com um contrato de 50 dólares por semana, um bônus de 125 dólares e 1,5 dólares por cada foto sua assinada. Foi assassinado por um scout hunkpapa ao serviço do exército.


Tucson
Foi capital do Arizona de 1867 a 1877. Atualmente é uma cidade de cerca de meio milhão de habitantes, que vive do seu passado, casando a história do Oeste com as belezas naturais. Em particular são sempre visitados os Old Tucson Coach Lines, onde se continuam a girar filmes western em um ambiente perfeitamente reconstruído.


Blueberry e Red Neck, a galope, retornando ao acampamento
da Union Pacific em "O Homem do Punho de Aço".

Union Pacific
Companhia ferroviária que construiu a parte oriental da ferrovia continental que ligou Omaha com Sacramento. Em 10 de maio de 1869 os trilhos da Union Pacific se uniram àqueles da Central Pacific, provenientes da direção oposta, em Promontory Point no Utah.


Vittorio e Blueberry , irmãos de sangue, em "A Longa Marcha".
Victorio (1825 - 15 de outubro de 1880)
Chefe indígena; foi chefe dos Chiricahua orientais e participou em 1862 da batalha de Apache Pass ao lado de Mangas Coloradas e de Cochise. Morre durante um confronto com o coronel mexicano Terrazas, na localidade de Tres Castillos no Chihuahua, onde os índios perderam cerca de oitenta de guerreiros.
N. C.: O seu nome também é grafado Vittorio.


Washita
Rio ao longo de suas margens, em 26 de novembro de 1868 Custer atacou com 800 homens do VII regimento da cavalaria a aldeia Cheyenne de Panela Preta (Moketavato) que foi massacrada. Os mortos foram mais de 100.


Wounded Knee
Massacre perpetrado, em 28 de dezembro de 1890, pelo VII regimento da cavalaria (propriamente aquele de Custer) liderado pelo major Samuel Whitside aos danos do acampamento de Sioux Minneconjou de Si Tanka (Pé Gordo). Em menos de uma hora os canhões do VII massacraram 90 guerreiros e 200 mulheres e crianças. Foi o último confronto das guerras indígenas. Por essa ação o VII recebeu 23 Medalhas de Honra, a mais alta honra. Não temos mais palavras!


Xerife Blueberry, e Jimmy McClure, em "A Mina do Alemão Perdido".

Xerife
Homem da lei com jurisdição sobre todo o condado.


Blueberry © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Dargaud Éditeur.
La Jeunesse de Blueberry © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, François Corteggiani, Colin Wilson, Michel Blanc-Dumont, Dargaud Éditeur.
Marshal Blueberry © Jean Giraud, William Vance, Michel Rouge, Dargaud Éditeur.


Referências Bibliográficas

BONO, Gianni; GORI, Leonardo. Tex, un eroe per amico. Milano, Federico Motta Editore, 1998.

BONO, Gianni; TONINELLI, Marcello. I Bonelli, L’Avventura a Fumetti. Dall’A alla Z tutti i personaggi creati e pubblicati dai Bonelli. Palermo, Itália: Many Comics, 1985.

CHARLIER, Jean-Michel; GIRAUD, Jean. Geronimo l’Apache. Paris, França: Dargaud Éditeur, 1999.

CHARLIER, Jean-Michel; GIRAUD, Jean. Le cavalier perdu. Paris, França: Dargaud Éditeur, 1968.

CHARLIER, Jean-Michel; GIRAUD, Jean. Les Monts de la Superstition. Paris, França: Dargaud Éditeur, 2003.

CHARLIER, Jean-Michel; GIRAUD, Jean. Mister Blueberry. Paris, França: Dargaud Éditeur, 1995.

CHARLIER, Jean-Michel; GIRAUD, Jean. O.K. Corral. Paris, França: Dargaud Éditeur, 2003.

CHARLIER, Jean-Michel; GIRAUD, Jean. Ombres sur Tombstone. Paris, França: Dargaud Éditeur, 1997.

FLORENZANO, Éverton; XIMENES, Fernando Barcellos. Dicionário de Ouro Inglês-Português, Português-Inglês. Rio de Janeiro: Editora Tecnoprint, 1986.

PIZZOLI, Daniel. Il était une fois Blueberry. Paris: Dargaud, 1995.

Revista Terra, Julho 2003, Ano 12, Nº 135. Coleção Maravilhas da Terra. Grandes Paisagens. São Paulo: Editora Peixes, 2003.

SANGIORGIO, Aurelio. Atlante di Tex. Roma: Il Minotauro, 2001.

Wikipédia, a Enciclopédia Livre.


Afrânio Braga



2 comentários:

  1. Não tenho muita coisa ainda de Blueberry, mas espero que assim que a situação financeira melhore eu possa adquirir, acho a arte bem realista!!

    ResponderExcluir
  2. Prezado Jefferson,
    álbuns de "Blueberry" estão à venda nos sites brasileiros Mercado Livre, Estante Virtual, Livraria Saraiva e Submarino - talvez Comix e Devir.
    Boa leitura!
    Abraço.

    ResponderExcluir