domingo, 10 de novembro de 2013

"Blueberry" nº 8 “L’Homme au poing d’acier”

Capa de "L'Homme au poing d'acier", uma das reedições.


Prancha 1.


Prancha 2.


Prancha 3.


Prancha 4.


Prancha 5.

Ficha técnica

L’Homme au poing d’acier
“O Homem do Punho de Aço”
Roteiro: Jean-Michel Charlier
Desenhos e capa: Jean Giraud
Cores: Quadricromia
Volume: 8
Ano de publicação da primeira edição: 1970
Número de pranchas: 46
Gênero: Western
Preço: 11.99 €
Formato: 22,5x29,8 cm
Público: Todos os públicos – Família
Dargaud Éditeur, Paris, França

Fonte das imagens: Dargaud Éditeur.



Publicidade anunciado o lançamento do álbum “L’Homme au poing d’acier” (editado por Dargaud, em 1970), na revista semanal “Pilote” nº 576, de 19 de novembro de 1970. Fonte: BDzoom.



Pôstere Blueberry e Jethro “Steelfingers” Diamond jogando pôquer, Forte Smith, Arkansas, 5 de abril de 1871. Desenho de Jean Giraud, 1971. Fonte: Mauro Giordani, Itália.



Jethro “Steelfingers”. Ilustração de Moebius (Jean Giraud) para a capa do álbum “Steelfingers” publicado pela Epic Comics, em 1991, nos Estados Unidos.



A capa da 1ª edição.



A contracapa da 1ª edição.

Fonte das imagens: Bedetheque.


L’Homme au poing d’acier” - “O Homem do Punho de Aço”

Segundo álbum do ciclo do Cavalo de Ferro. As Segundas Guerras Indígenas (álbuns 7 a 10) - Colorado, Nebraska e Wyoming. Outono de 1868. Acontecimentos históricos: Ataque do acampamento Cheyenne de Black Kettle pelo Exército Americano e A Construção do Caminho de Ferro. Álbum 3 da segunda série da Editora Abril, publicado em maio de 1992.

Jean Giraud se inspirou em Jack Palance no cartaz de "The Desperados" ("Os Bandidos do Texas", título no Brasil), filme dirigido por Henri Levin, lançado em 1969, para a capa de “L'Homme aux poings d'acier" (“O Homem do Punho de Aço”), volume 8, publicado em 1970, e também para compor o visual de Jethro "Dedos de Aço".

"O Homem do Punho de Aço" é Jethro “Dedos de Aço”, chamado também conforme o original francês, Jethro "Steelfingers" – essa história recebeu, nos Estados Unidos da América, como título, "Steelfingers", o apelido, em inglês, do temível bandido, que sabotava as obras da companhia ferroviária Union Pacific sob as ordens da companhia concorrente Central Pacific. “Steelfingers” faz aliança com os Cheyennes e os Sioux, traficando armas para os índios atacarem os comboios da Union Pacific.

Blueberry conhece Guffie Palmer, a diretora de uma turnê teatral ambulante, que utilizava duas pequenas carroças para transportar a sua trupe de costa a costa - de Nova York a São Francisco. Guffie Palmer é salva dos índios pelo Tenente Blueberry, torna-se uma grande amiga dele e retornará no primeiro álbum do ciclo de Prosit Luckner. O Ouro da Sierra – “A Mina do Alemão Perdido”.

Em “L’Homme aux poings d’acier” (“O Homem do Punho de Aço”), surge Guffie Palmer, inspirada, com o corpo exagerado, por Jean Giraud, em Shelley Winters, de “The Scalphunters” (“Revanche Selvagem”), filme de Sidney Pollack, com Burt Lancaster e Telly Savalas, 1968. Após ter participado do Ciclo do Cavalo de Ferro. As Segundas Guerras Indígenas, Guffie Palmer reaparece no Ciclo Prosit Luckner. O Ouro da Sierra. Ela retorna no Ciclo do Primeiro Complô Contra Grant. A Decadência de Blueberry ("O Fora da Lei" e "Angel Face").

Blueberry, Jimmy e Red Neck em mais uma eletrizante aventura, estão envolvidos em tiroteios, cavalgadas, perseguições e emboscadas em um ritmo hollywoodiano de cinema western.

Afrânio Braga

Blueberry nº 8 L'Homme au poing d'acier© Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Dargaud Éditeur 1970
Blueberry © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Dargaud Éditeur


Nenhum comentário:

Postar um comentário