quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

"Blueberry" nº 12 “Le Spectre aux balles d’or”

Capa, uma das reedições.


Prancha 1.


Prancha 2.


Prancha 3.


Prancha 4.


Prancha 5.


Ficha técnica

Le Spectre aux balles d’or
“O Espectro das Balas de Ouro”
Roteiro: Jean-Michel Charlier
Desenhos e capa: Jean Giraud
Cores: Évelyne Tran-Lê
Volume: 12
Ano de publicação da primeira edição: 1972
Número de pranchas: 52
Gênero: Western
Preço: 11.99 €
Formato: 22,5x29,8 cm
Público: Todos os públicos – Família
Dargaud Éditeur, Paris, França

Fonte das imagens: Dargaud Éditeur.



Contracapa do número 531 de "Pilote", de 8 de janeiro de 1970, para anunciar o lançamento, na semana seguinte, da estreia de "Le Spectre aux balles d'or". Desenho de Jean Giraud. Fonte: jmcharlier.com



A capa da 1ª edição.



A contracapa da 1ª edição. O Tenente Blueberry inspirado no ator francês Jean-Paul Belmondo - desenho de Jean Giraud, publicado desde "Tonnerre à l'Ouest", o segundo volume da série "Blueberry", lançado em 1966.

Fonte das imagens: Bedetheque.


Le Spectre aux balles d’or - “O Espectro das Balas de Ouro”

Segundo e último álbum do ciclo de Prosit Luckner. O Ouro da Sierra (álbuns 11 e 12) - Arizona. Janeiro de 1869. Acontecimento histórico: A lendária mina de Jacob Waltz. Esse ciclo foi a fonte de inspiração do filme dirigido por Jan Kounen, "Blueberry. L’Expérience Secrète (“Blueberry. Desejo de Vingança”, título no Brasil).


"Le Spectre aux balles d'or", prancha 22, quadrinho 5.

Para a capa de "Le Spectre aux balles d'or" ("O Espectro das Balas de Ouro"), 1972, Jean Giraud se inspirou no quadrinho 5 da página 22 – ou vice-versa. Na cena, o Espectro observa, à distância, Blueberry e Jimmy McClure acampados nos Montes da Superstição.

Nos dois volumes do ciclo Prosit Luckner. O ouro dos Montes da Superstição, Jean Giraud realizou as pranchas com um estilo gráfico inédito na série “Blueberry” e bastante inovador para a época.


O Espectro das Balas de Ouro é ferido por Prosit Luckner. Prancha 41. Fonte da imagem: Bedetheque.


Esse álbum é um dos oito, do total de 28 da série central, que não tem 46 páginas; os outros sete são: “L’Homme à l’étoile d’argent” ("O Homem da Estrela de Prata", 47 páginas), “Général Tête Jaune” (“General Cabeça Amarela”, 47), “Ballade pour un cercueil” ("Balada para um Caixão", 62), “Le Hors-la-loi” ("O Fora da Lei", 44), “Nez Cassé” ("Nariz Partido", 47), “Arizona Love” ("Arizona Love", 56) e “Dust” ("Dust", 68).

Considerado pelos fãs como a melhor história da série “Blueberry”, esse ciclo foi publicado completo no "hors collection" (fora de série) "Dyptique de la Mine" – ver “Les Monts de la Superstition” no blog Blueberry, uma Lenda do Oeste – em formato gigante, com matérias sobre o personagem, o filme, e Blueberry por Enrico Marini, François Boucq, Christophe Blain, Manu Larcenet & Daniel Goossens e José-Luis Munuera.

Afrânio Braga

Blueberry nº 12 Le Spectre aux balles d'or © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Dargaud Éditeur 1972
Blueberry © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Dargaud Éditeur


Nenhum comentário:

Postar um comentário