segunda-feira, 3 de março de 2014

Moebius

BIOGRAFIA


Jean Giraud, aliás, Mœbius, ou ainda Gir, é um autor e desenhista lendário de história em quadrinhos.

Nascido em 1938, em Nogent-sur-Marne, França, ele entra nas Arts Appliqués, em Paris, em 1954.

Ele deixa a França, dois anos mais tarde, a fim de encontrar sua mãe no México, onde ele fica oito meses. Ele se impregna das paisagens do deserto à semelhança de seu mestre Jijé (Joseph Gillain), do qual ele se torna assistente e participa da criação de um episódio de “Jerry Spring”, “La Route de Coronado” (1960), cujo personagem principal inspirará aquele de Blueberry.

Em 1963, ele cria com Jean-Michel Charlier – à época diretor da revista “Pilote” – a série “Blueberry”, que ele prossegue após o falecimento do roteirista e que conta, hoje, uma trintena de álbuns, sem contar um número equivalente de obras realizadas em colaboração com outros artistas, roteiristas e desenhistas.

Paralelamente, sob a assinatura de Mœbius, ele inaugura, desde 1962, uma nova fonte de inspiração voltada rumo ao humor, ao fantástico e à ficção científica. Ele também é o autor de numerosas ilustrações, pinturas e trabalhos publicitários.

Cofundador, em 1975, da revista “Métal Hurlant” e da editora Les Humanoïdes Associés, Jean Giraud desenvolve um estilo único assinado Mœbius.

Ele publica obras revolucionando o aspecto criativo da história em quadrinhos, tais como “Arzach” (1976) ou “Le Garage hermétique” (1979), de cujas ele também é o roteirista.

Sobre um roteiro de Alejandro Jodorowsky, ele inicia, em seguida, a narrativa das aventuras de John Difool em “L’Incal” (1980), série cujo sucesso o coloca entre os desenhistas mais inovadores em matéria de ficção científica; depois, ele começa a série “Le Monde d’Edena”.

Seus desenhos também retiveram a atenção de grandes diretores com os quais ele colaborou em diversos filmes: “Alien” de Ridley Scott (figurino), “Le Maîtres du temps” de René Laloux (story-board), “Tron” de Steven Lisberger (figurino), “Abyss” de James Cameron (criaturas submarinas) ou ainda “Le Cinquième Élément” de Luc Besson, para citar alguns.

Na metade dos anos 1980, Jean Giraud parte para viver nos Estados Unidos para desenvolver esses projetos cinematográficos, assim como a escritura dos seus próprios roteiros.

A partir de 1988, ele encontra a França. Junto de uma nova família, ele continua sua carreira, recomeçando suas séries de destaque, “Blueberry”, no roteiro e no desenho (“Mister Blueberry”, “Dust”, “OK Corral”, “Geronimo”, etc.), a sequência de “Monde d’Edena” (“La Déesse”, “Stel”, “SRA”, “Les Réparateurs”), “La Folle du sacré cœur”, e vários projetos de filmes: “Starwatcher”, “Arzak Rapsody”, “La Planète encore”.

Em 1997, ele refunda sua própria editora, com sua esposa Isabelle, Mœbius Production / Stardom, onde eles publicam livros, em cujos a série “Inside Mœbius”, assim como o último álbum de “Arzach, L’Arpenteur” e edições limitadas valiosas. Eles editam igualmente serigrafias, digigrafias e organizam exposições dedicadas à sua obra, após uma dezena de anos, na França, assim como na Europa (Alemanha, Bélgica, Itália...) e na Ásia (Coréia, Japão).

Uma grande exposição foi consagrada a ele na Fondation Cartier em Paris, intitulada Mœbius-Transe-Forme, de outubro de 2010 a março de 2011.

Ele falece em Paris, em 10 de março de 2012.


BIBLIOGRAFIA


Jean “Mœbius” Giraud e alguns de seus personagens.


Le Monde d’Edena
Série de 5 volumes e 1 fora de série
Desenho e roteiro: Mœbius
Casterman
1. Sur l’étoile, 1983
2. Les Jardins d’Edena, 1988
3. La Déesse, 1990
4. Stel, 1994
5. Sra, 2001
Hors-série. Les Réparateurs, 2001

Little Nemo
Série de 4 volumes
Desenho: Bruno Marchand (volumes 1 a 4)
Roteiro: Mœbius (volumes 1 e 2)
Editions Casterman
1. Le Bon roi, 1994
2. Le Mauvais roi, 1995


Éditons Les Humanoïdes Associés

Le Monde du Garage hermétique

Le Garage hermétique, 1979
Desenho e roteiro: Mœbius

L’Homme du Ciguri, 1995
Desenho e roteiro: Mœbius

Coletâneas de novelas

Le Bandard fou, 1974
Desenho e roteiro: Mœbius

Cauchemar blanc, 1977
Desenho e roteiro: Mœbius

Escale sur Pharagonescia, 1979
Desenho e roteiro: Mœbius

The Long Tomorrow, 1989
Desenho: Mœbius
Roteiro: Dan O’Bannon e Mœbius

La Citadelle aveugle, 1989
Desenho e roteiro: Mœbius

Les Vacances du Major, 1990
Desenho e roteiro: Mœbius

Le Monde du Garage hermétique
Série de 5 volumes
Desenho: Eric Shanower (volumes 1 a 3) e Jerry Bingham (volumes 4 e 5)
Roteiro: Jean-Marc Lofficier e Mœbius
1. Le Prince impensable, 1990
2. Les Quatre royaumes, 1990
3. Le Retour du Jouk, 1991
4. Les Terres aléatoires, 1992
5. Le Seigneur d’Onyx, 1992

N. C.: A editora Les Humanoïdes Associés também publicou:

L’Incal
Série de 6 volumes
Desenho: Mœbius
Roteiro: Alejandro Jodorowsky
1. L'Incal noir, 1981
2. L'Incal lumière, 1982
3. Ce qui est en bas, 1983
4. Ce qui est en haut, 1985
5. La Cinquième Essence 1 - Galaxie qui songe, 1988
6. La Cinquième Essence 2 - La Planète Difool, 1988

Les mystères de l'Incal, 1989
Desenho: Mœbius
Roteiro: Alejandro Jodorowsky

Aprés L’Incal
Desenho: Mœbius
Roteiro: Alejandro Jodorowsky
1. Le Nouveau rêve, 2000


Blueberry
Série de 28 volumes e 1 fora de série
Desenho: Gir
Roteiro: Jean-Michel Charlier (volumes 1 a 23) e Gir (volumes 24 a 28 e 1 fora de série)
Éditions Dargaud
1. Fort Navajo, 1965
2. Tonnerre à l’Ouest, 1966
3. L’Aigle solitaire, 1967
4. Le Cavalier perdu, 1968
5. La Piste des Navajos, 1968
6. L’Homme à l’étoile d’argent, 1969
7. Le Cheval de fer, 1970
8. L’Homme au poing d’acier, 1970
9. La Piste des Sioux, 1971
10. Général Tête Jaune, 1971
11. La Mine de l’Allemand perdu, 1972
12. Le Spectre aux balles d’or, 1972
13. Chihuahua Pearl, 1973
14. L’Homme qui valait 500 000 $, 1973
15. Ballade pour un cercueil, 1974
16. Le Hors-la-loi, 1974
17. Angel Face, 1975
18. Nez Cassé, 1980
19. La Longue marche, 1980
20. La Tribu fantôme, 1982
21. La Dernière carte, 1983
22. Le Bout de la piste, 1986
23. Arizona Love, 1990
24. Mister Blueberry, 1995
25. Ombres sur Tombstone, 1997
26. Geronimo l’Apache, 1999
27. Ok Corral, 2003
28. Dust, 2005
Hors-série. Apaches, 2007

La Jeunesse de Blueberry
Série de 20 volumes
Desenho: Gir (volumes 1 a 3)
Roteiro: Gir (volume 1) e Jean-Michel Charlier (volumes 2 a 6)
Éditions Dargaud
1. La Jeunesse de Blueberry, 1975
2. Un Yankee nommé Blueberry, 1978
3. Cavalier bleu, 1979

Marshal Blueberry
Série de 3 volumes
Desenho: William Vance (volumes 1 e 2) e Michel Rouge (volume 3)
Roteiro: Gir
Éditions Dargaud
1. Sur ordre de Washington, 1991
2. Mission Sherman, 1993
3. Frontière sanglante, 2000

Jim Cutlass
Série de 7 volumes
Desenho: Jean Giraud (volumes 1 e 2) e Christian Rossi (volumes 3 a 7) Roteiro: Jean-Michel Charlier (volumes 1 e 2) e Jean Giraud (volumes 1 a 7)
Éditions Dargaud
1. Mississippi River, 1979
2. L’Homme de la Nouvelle-Orléans, 1991
3. L’Alligator blanc, 1993
4. Tonnerre au Sud, 1995
5. Jusqu’au cou !, 1997
6. Colts, fantômes et zombies, 1998
7. Nuit noire, 1999


Outras edições

Jerry Spring, volume 11: La Route de Coronado, 1961
Éditions Dupuis
Série de 22 volumes
Desenho: Jijé (volumes 1 a 21) e Jean Giraud (volume 11)
Roteiro: Philip (volumes 9 a 12, volumes 15 a 17 e volume 21)

Buffalo Bill (hors-série), 1968
Éditions Fernand Nathan
Desenho: Jean Giraud e Jean Marcellin
Roteiro: George Fronval

Gir, 1974
Éditions Futuropolis
Desenho e roteiro: Jean Giraud


A editora de Jean Giraud
Moebius Productions – Stardom

Inside Moebius
Série de 6 volumes
Desenho e roteiro: Mœbius
1. Inside Moebius, Journal intérieur, 2004
2. Inside Moebius, Journal intérieur, 2006
3. Inside Moebius, Journal intérieur, 2007
4. Inside Moebius, Journal intérieur, 2008
5. Inside Moebius, Journal intérieur, 2009
6. Inside Moebius, Journal intérieur, 2010

Arzak
Série em curso
Desenho e roteiro: Mœbius
1. Destination Tassili, 2009
2. L’Arpenteur, 2010 (Moebius Production et Glénat)

Le Chasseur déprime, 2008
Desenho e roteiro: Mœbius

40 Days dans le Désert B., 1999
Desenho: Mœbius

2001 Après Jésus-Christ, 2000
Desenho: Mœbius
Roteiro: Jean-Luc Coudray

Un An dans la vie, 2001-2002, 2002
Desenho: Mœbius com Max Armanet

Tiragens limitadas

Mockba: Carnet de Bord, 1990
Desenho e roteiro: Mœbius

Folles Perspectives: Carnet de Bord
1992-1995, 1996
Desenho: Mœbius

Une Jeunesse heureuse, 1999
Desenho: Moebius
Coédition Moebius Productions – Stardom et Fondation Cartier pour l’art contemporain

Impression numérique, 2000
Desenho: Moebius


Cadernos

La Faune de Mars, 2010
Desenho: Mœbius

Le Major, 2010
Desenho: Mœbius


Portfólios

Mystère Montrouge, 2001
Desenho: Mœbius

X-Libris, 1998
Desenho: Mœbius

Éros, 2005
Desenho: Mœbius

Rumba, 1997
Desenho: Mœbius

Mourir et voir Naples, 2000
Desenho: Mœbius

40 Days, 1999
Desenho: Mœbius

Arzach, 1976
Desenho e roteiro: Mœbius
Éditions Humanoïdes Associés

Arzak
Desenho e roteiro: Mœbius
1. Destination Tassili, 2009
Éditions Moebius Productions
2. L’Arpenteur, 2010
Éditions Moebius Productions et Glénat

N.C.: A editora Stardom também publicou:

Three Black Birds, 1995, portfólio
Desenho e Roteiro: Jean Giraud

Blueberrys, 1996, portfólio
Desenho: Jean Giraud

Blueberry’s, 1997, artbook
“Blueberry” de Jean-Michel Charlier e Jean Giraud
Desenho: Jean Giraud


Outras Histórias em Quadrinhos

Les Yeux du chat, 1978
Desenho: Mœbius
Roteiro: Alejandro Jodorowsky
Éditions Humanoïdes Associés

Silver Surfer: Parable, 1990
Desenho: Mœbius
Roteiro: Stan Lee
Éditions Marvel Comics USA

Griffes d’Ange, 1994
Desenho: Mœbius
Roteiro: Alejandro Jodorowsky
Editions Humanoïdes Associés

Icare, 2005
Desenho: Jirô Taniguchi
Roteiro: Mœbius

XIII, tome 18
Éditions Dargaud
La Version Irlandaise, 2007
Série de 19 álbuns e 6 fora de série
Desenho: Jean Giraud (volume 18)
Roteiro: Jean Van Hamme (volumes 1 a 19 e 6 fora de série)
Éditions Dargaud

Le Coeur couronné
Série de 3 volumes
Desenho: Mœbius
Roteiro: Alejandro Jodorowsky
Editions Humanoïdes Associés
1. La Folle du Sacré-coeur, 1992
2. Le Piège de l’irrationnel, 1993
3. Le Fou de la Sorbonne, 1998

Altor
Série de 7 volumes
Desenho: Marc Bati
Roteiro: Jean Giraud (volumes 1 a 4 e volume 7)
Éditions Casterman
1. Le Cristal Majeur, 1986
2. Sur l’Île de la Licorne, 1988
3. Le Secret d’Aurelys, 1990
4. Les Immortels de Shinkara, 1992
7. Les Aventuriers du trou blanc, 2003


Catálogos de exposição

1 Monde Réel, 1999
Éditions Fondation Cartier pour l’art contemporain

Trait de génie : Giraud / Moebius, 2000
Éditions Musée de la Bande Dessinée d’Angoulême

Miyazaki / Moebius, 2 artistes dont les dessins prennent vie, 2004
Éditions Moebius Production / BVI-France

Mœbius-Transe-Forme, 2010
Coédition Fondation Cartier pour l’art contemporain et Actes Sud


Outras edições

Le Bandard fou, 1974
et L’Écho des Savanes
Desenho e roteiro: Mœbius
Coédition Éditions du Fromage

Les Carnets Volés du Major, 1983
Desenho: Mœbius
Roteiro: Thierry Smolderen
Éditions Schlirf Book

La Nuit de l’étoile, 1986
Desenho: Mœbius
Roteiro: Marc Bati
Éditions Ædena

Les Histoires de Monsieur Mouche, 1994
Desenho: Mœbius
Roteiro: Jean-Luc Coudray
Éditions Hélyode

Surfer d’Argent : Parabole, 2001
Desenho: Mœbius
Roteiro: Stan Lee
Éditions Soleil Prod

Histoire d’une idée : Le Mouvement international de la Croix-Rouge et du Croissant-Rouge de 1859 à nos jours, 2007
Desenho e roteiro: Mœbius
Éditions Comité International de la Croix-Rouge


Livros ilustrados

Paulo Coelho, L’Alchimiste, 1994
Desenho: Mœbius
Éditions Anne Carrière

Bernard Werber, L’Arbre des possibles, 2003
Desenho: Mœbius
Éditions Le Grand livre du mois


Tiragem limitada

Viamor, 1988
Desenho: Mœbius
Éditions Atelier Vertical,


Portfólio

La Cité-feu, 1985
Desenho: Geof Darrow e Mœbius
Éditions Ædena

N. C.:

Blueberry, 1983
Desenho: Jean Giraud
Gentiane



DIGIGRAFIA


Good Wave


Les Monts Magnétiques


Fôret


Plage


Bivouac


EXPOSITION FONDATION CARTIER






















N. C.: Jean “Mœbius” Giraud, primeiro da esquerda para a direita.


N. C.: Jean “Mœbius” Giraud, segundo da esquerda para a direita.


N. C.: Jean “Mœbius” Giraud, no centro.


N. C.: Jean “Mœbius” Giraud, à esquerda.


N. C.: Jean “Mœbius” Giraud e algumas obras suas.
















N. C.: As irmãs Claire Champeval e Isabelle Giraud.


N. C.: Claire Champeval, três participantes, Jean e Isabelle Giraud.




N. C.: Lendo “Blueberry”.




N. C.: Jean “Mœbius” Giraud e algumas de suas obras


N. C.: Jean “Mœbius” Giraud, à direita.

                                         




Fotografias: Gaston Bergeret


Capa do catálogo da exposição Mœbius-Transe-Forme.


MOEBIUS +


Ligne qui danse
The Dancing Line series
Uma série de desenhos registrada para a exposição da Fondation Cartier.
Música: Raphäel Giraud.












Exposition Mœbius-Transe-Forme © Fondation Cartier pour l’art contemporain 2010

Fonte: Moebius Production - Stardom
© Moebius Production – Stardom 2014




CINEMA

Contribuições de Mœbius

Ele participou da concepção gráfica de diversos filmes

- Dune (1975) de Alejandro Jodorowsky (jamais realizado)
- Tusk (1980) de Alejandro Jodorowsky
- Alien (“Alien – O Oitavo Passageiro”, 1979) de Ridley Scott
- Les Maîtres du temps (“Time Master”, 1982) de René Laloux
- Tron (1982) de Steven Lisberger
- Masters of the Universe (adaptação da série “He-Man”, criada pela Mattel, para o cinema, 1987) de Gary Goddard
- Willow (1988) de Ron Howard
- Abyss (“O Segredo do Abismo”, 1989) de James Cameron
- Little Nemo: Adventures in Slumberland (adaptação da série “Little Nemo”, criada por Winsor McCay, para o cinema, 1989) de Masanori Hata, Misami Hata e William T. Hurtz
- Space Jam (“Space Jam: O Jogo do Século”, 1996) de Joe Pytka
- Le Cinquième Élément (“O Quinto Elemento”, 1997) de Luc Besson
- D'autres mondes (2004) de Jan Kounen
- Death Note (adaptação da série “Death Note”, criada por Tsugumi Ohba e Takeshi Obata, para o cinema, 2006) de Shusuke Kaneko


Adaptações de suas obras

- Cauchemar blanc de Mathieu Kassovitz (1991)
- Arzak Rhapsody de Mœbius (2003)
- Blueberry, l'expérience secrète de Jan Kounen (2004)
- Le Ruban de Moebius (Thru the Moebius Strip) de Glenn Chaika (2005)
- La Planète encore de Mœbius (2010)


Sua obra também inspirou a estética de filmes

- Arzach para Métal Hurlant (1981)
- The Long Tomorrow para Blade Runner de Ridley Scott (1982)


VIDEO GAME

Em 1995, ele influenciou o design do jogo Panzer Dragoon em Saturn. Ele também assinou a ilustração de capa para a edição original japonesa.

Em 1997, lançamento de Pilgrim, um jogo para computador após um roteiro de Paulo Coelho. Ele criou os personagens, com as pranchas disponíveis em um CD bônus.


PRÊMIOS

- 1973. Shazam Award, Academy of Comic Book Arts Awards, Nova York,   Estados Unidos, melhor série estrangeira de história em quadrinhos para Lieutenant Blueberry
- 1975. Yellow Kid Award, Lucca, Itália, melhor artista estrangeiro
- 1977. Festival d'Angoulême, França, melhor artista francês
- 1979.  Adamson Award, Svenska Serieakademin (Swedish Academy of Comic Art), Estocolmo, Suécia, para Lieutenant Blueberry
- 1980. Yellow Kid Award, Lucca, Itália, melhor artista estrangeiro
- 1980. Grand Prix de la science-fiction française, prêmio especial, para Major Fatal
- 1981. Grand prix de la ville d'Angoulême, França
- 1985. Grand Prix d'Arts Graphiques, Festival d'Angoulême, França
- 1986. Inkpot Award, Comic-Con International, San Diego, Califórnia, Estados Unidos
- 1988. Harvey Award, Chicago Comicon, Chicago, Illinois, Estados Unidos, melhor edição americana de material estrangeiro, para as séries de Mœbius
- 1989. Eisner Award, San Diego Comic-Con International, San Diego, Califórnia, Estados Unidos, melhor série limitada, para Silver Surfer
- 1989. Harvey Award, Dallas Fantasy Fair, Dallas, Texas, Estados Unidos, melhor edição americana de material estrangeiro, para L'Incal
- 1991. Eisner Award, San Diego Comic-Con International, San Diego, Califórnia, Estados Unidos, melhor edição de comic book, para Concrete (comic book escrito e desenhado em colaboração com Paul Chadwick e Charles Vess)
- 1991. Harvey Award, Dallas Fantasy Fair, Dallas, Texas, Estados Unidos, melhor edição americana de material estrangeiro, para Lieutenant Blueberry
- 1997. Incluído no Jack Kirby Hall of Fame, prêmio especial do Harvey Award, WonderCon, San Francisco Bay Area e Anaheim, Califórnia, Estados Unidos
- 1998. Incluído no Will Eisner Hall of Fame, prêmio especial do Harvey Award, WonderCon, San Francisco Bay Area e Anaheim, Califórnia, Estados Unidos
- 2000. Max & Moritz Preis, Alemanha, prêmio excepcional pela obra
- 2001. Premios Haxtur, Salón Internacional del Cómic del Principado de Asturias, Espanha, melhor álbum para Le Cœur couronné
- 2004. Prix Albert-Uderzo, França, para o conjunto de sua carreira
- 2011. Médaille de Chevalier dans l'Ordre National du Mérite (Medalha de Cavaleiro da Ordem Nacional do Mérito), entregue por Laurent Wauquiez, Paris, França.


PRINCIPAIS EXPOSIÇÕES

- Verão, 1991. Maison de la Culture Frontenac, Montreal, Canadá
- Outubro – novembro, 1997. Grande exposição, Palermo, Itália
- Novembro, 1997 – janeiro, 1998. Grande exposição, Milão, Itália
- Fevereiro – março, 1998. Grande exposição, Veneza, Itália
- Dezembro, 1998 – janeiro, 1990. Musée d'Art Contemporain de Lyon, França
- 1999. Exposição na Fondation Cartier, Paris, França
- Janeiro, 2000. Grande exposição no Musée de la Bande Dessinée d’Angoulême, França
- Outubro, 2001. Grande exposição, Montrouge, França
- Maio – junho, 2000. Grande exposição, Erlangen, Alemanha
- Maio, 2000. Exposição coletiva sobre a Bande Dessinée contemporânea, Bibliothèque Nationale de France, Paris, França.
- Junho, 2003. Grande exposição, Kemi, Finlândia
- Outubro, 2003. Grande exposição, Liège, Bélgica
- Janeiro – fevereiro, 2003. Grande exposição no Museu de Arte Contemporânea de Karlsruhe, Alemanha
- Dezembro, 2004 – abril, 2005. Grande exposição Giraud/Mœbius e Miyazaki no Musée de la Monnaie, Paris, França
- Junho, 2005. Exposition de dessins : Mythes Grecs, Galerie Stardom / Mœbius Production, Paris, França
- Dezembro, 2005 . Exposition de dessins : Jardins d’Eros, Galerie Stardom / Mœbius Production
- Fevereiro, 2006. Exposition sur le thème du rêve no Musée d’Art Contemporain de Bordeaux, França
- Outubro, 2006. Exposition de dessins : Boudha line, Galerie Stardom / Mœbius Production, Paris, França
- Maio, 2007. Exposição, Seul, Coréia do Sul
- Maio, 2007. Exposition de dessins : Hommage au Major, Galerie Stardom / Mœbius Production, Paris, França
- Fevereiro, 2008. Uma atração no Futuroscope de Poitiers ouvre, inspirada do universo de Le Garage hermétique
- Junho, 2008. Exposition Fou et Cavalier, Espace Cortambert / Mœbius Production, Paris, França
- Maio, 2009. Uma exposição é consagrada a ele no Museu do Mangá de Kyoto, Japão
- Novembro, 2009. Exposição Arzak, le retour, na antiga retransmissão telegráfica do 7º distrito de Paris, França, coprodução Espace Cortambert / SFL / Mœbius Production
- Outubro 2010 - março 2011. Exposition Mœbius transe forme, Fondation Cartier, Paris, França
- Junho, 2011 – dezembro, 2011. Exposition Mœbius multiple(s), Musée Thomas-Henry, Cherbourg, França

Fonte: Wikipédia, com adaptações.


Afrânio Braga

Nenhum comentário:

Postar um comentário