quarta-feira, 12 de novembro de 2014

“Blueberry” nº 21 “La Dernière carte”

Capa, uma das reedições.


Prancha 1.


Prancha 2.


Prancha 3.


Prancha 4.


Prancha 5.


Prancha 9.


Contracapa.


Ficha técnica

La Dernière carte
“A Última Cartada”
Roteiro: Jean-Michel Charlier
Desenhos e capa: Jean Giraud
Cores: Fraisic Marot
Volume: 21
Ano de publicação: 1ª edição: 1983 – Hachette (1), Novedi (2); 2ª edição: 1992 – Dupuis (3)
Data de publicação por Dargaud: 1º de abril de 2003
Número de pranchas: 46
Gênero: Western
Preço: 11.99 €
Formato: 22,6x29,8 cm
Público: Todos os públicos – Família
Hachette, Paris, França
Novedi, Bélgica
Dupuis, Charleroi, Bélgica
Dargaud Éditeur, Paris, França

N. C.:
1) A editora Hachette integra o Hachette Livre, um grupo editorial francês sediado em Paris. Criado em 1826, por Louis Hachette, ela faz parte do Groupe Lagardère desde 1981.
2) A Novedi foi uma editora belga de histórias em quadrinhos, hoje desaparecida. Era uma pequena editora que, nos anos 1980, tem publicado alguns álbuns de séries de grande sucesso, de cujas muitas roteirizadas por Jean-Michel Charlier, como “Barbe-Rouge”, “Buck Danny”, “Blueberry” e “Tanguy et Laverdure”. Enquanto a Novedi assegurava a difusão das edições originais belgas (em língua francesa) desses álbuns, a Hachette fazia o mesmo para as edições originais francesas. Após a cessação de atividade da primeira e o encerramento do polo de história em quadrinhos da segunda, essas séries têm reintegrado o catálogo de outras editoras – Dargaud e Le Lombard, que têm prosseguido sem reeditar os álbuns daquele período; Dupuis tem-nos reeditados.
3) A Dupuis é uma editora belga de histórias em quadrinhos. A gráfica fundada em 1898, pelo impressor Jean Dupuis, se torna editora em 1922. Em 1985, a sociedade foi vendida ao Groupe Bruxelles Lambert, à Hachette e às Éditions Mondiales, que retoma a imprensa, enquanto o Group Bruxelles Lambert e a Hachette retomam a publicação e o audiovisual. Desde 2004, a Dupuis faz parte do Groupe Dargaud controlado por Média Participations.

Fonte: Wikipédia.



A capa da 1ª edição de “La Dernière carte”, publicada por Hachette, em 1983, na França.



A prancha 1 da 1ª edição da Hachette.



A contracapa da 1ª edição da Hachette. O Tenente Blueberry inspirado, por Jean Giraud, no ator Jean-Paul Belmondo.



A capa da 1ª edição de “La Dernière carte”, publicada por Novedi, em 1983, em francês, na Bélgica.



A capa da 2ª edição de “La Dernière carte”, publicada por Dupuis, em 1992, na coleção Repérages, em francês, na Bélgica.



A contracapa da 2ª edição da Dupuis.


Primeiro álbum do ciclo do Segundo Complô contra Grant – parte 2. A Reabilitação de Blueberry (álbuns 21 a 21) – México e Utah. Início de 1872. Acontecimento histórico: Porfírio Diaz toma o poder no México. Devido a não renovação de contrato entre os autores e a Dargaud Éditeur, a primeira edição de "La Dernière carte" foi publicada por Hachette, na França, e por Novedi, em francês, na Bélgica, a segunda edição por Dupuis, em francês, na Bélgica, até a Dargaud lançar a sua edição anos depois. Atualmente, a Dargaud Éditeur é detentora dos direitos de publicação de todos os álbuns das três séries blueberryanas – “Blueberry”, “La Jeunesse de Blueberry” e “Marshal Blueberry”.

Blueberry parte rumo ao México em busca do Comandante Vigo, que pode ajudá-lo a provar a sua inocência no sumiço do Tesouro dos Confederados e na tentativa de assassinato do Presidente Ulysses Grant. Acompanhando Tsi-Na-Pah (apelido dados por seus amigos Apaches, cujo significado é Nariz Partido) estão Jimmy Mac Clure e Red Neck, os seus antigos companheiros de aventuras, cujos mal chegam em Chihuahua, capital do Estado de Chihuahua, no norte do México, fronteira com os Estados Unidos da América, entram em confusão ao beberem demais em “La Casa Roja”, local aonde se apresentava a cantora Chihuahua Pearl, uma bela loira, pela qual Mike Blueberry era apaixonado .

Blueberry toma um banho de água quente em uma banheira, sendo auxiliado por Conchita, uma bonita morena mexicana. Entrementes, Jimmy McClure e Red tomam um porre e falam demais ao desafiarem Vigo - o substituto do desaparecido General Lopez, ex-noivo de Chihuahua Pearl – temível Governador de Chihuahua, que já fora avisado da chegada dos três gringos, irrompe com a sua guarda pessoal e dá uma chicotada na testa de Jimmy McClure.

Os dois parceiros são presos e sobem para o pavimento superior do hotel, aonde estão hospedados, com Vigo e os seus homens, que irrompem no quarto de Mike, que reage imobilizando o governador com uma faca em seu pescoço, contudo é atingido, com um vaso na cabeça, por Conchita, cujo pai está preso em San Bernardino e ela pensava que atacando Blueberry, Vigo o libertaria.

Traços de Mœbius se misturam àqueles de Gir e conduzem os três companheiros às masmorras de San Bernardino. Os três são condenados à morte por fuzilamento, que ocorreria na manhã seguinte. Enquanto Blueberry pensa em Pearl, que conhecera justamente em Chihuahua, a cantora dá forças a ele naquele momento, Jimmy McClure e Red Neck jogam pôquer fazendo apostas milionárias, com Jimmy perdendo 357.000 dólares.

Com o falecimento do presidente Juarez, o general Porfirio Diaz assume o poder, destituindo e dando ordem de prisão a Vigo através do general Portillo, que assume o governo de Chihuahua e liberta os prisioneiros no momento do fuzilamento dos três companheiros, que são incumbidos, pelo novo governador, de encontrar a fortuna acumulada pelo ex-comandante do exército mexicano, agora deposto e preso.

Blueberry visita Vigo na prisão e pede ajuda na sua reabilitação. O ex-governador faz uma proposta a Mike: a recuperação da sua fortuna em troca do recibo, assinado por Juarez, da entrega do ouro dos confederados roubado do caixão enterrado em Tacoma por Trevor, coronel sulista, que inocentaria Blueberry do roubo desse tesouro. Para tal, antes Blueberry precisaria salvar Vigo do fuzilamento ao nascer do sol.

Blueberry se encontra com Lulu Belle, a bela ruiva, que se oferece para ele. Entretanto, Mike não estava ali para namorar, deixando isso para outra vez, e sim para saber aonde encontrar homens, de preferência americanos, para participar da missão encarregada pelo general Portilho – ela indica “El Tigre”, contando que ele era protegido por Vigo, se esconde na serra vizinha à cidade, tinha um bando e cujo nome era Bannister.

Lulu Belle era informante e amante de “El Tigre”, avisando esse da prisão de Vigo e que Blueberry queria encontrá-lo; Albert De Listrac era o nome verdadeiro do pistoleiro - um francês que disse ser marquês. À meia-noite, “El Tigre” chega, escondido, aos aposentos da ruiva; logo depois, é a vez de Blueberry. Os dois conversam sobre a missão de Portillo, Mike propõe libertar Vigo para que esse leve o bando aonde estava o ouro. Blueberry sai, Lulu Belle e “El Tigre” tramam contra ele, porém o bandido passa mal, pois sofre de uma febre maligna.

Para libertar Vigo, Blueberry, Jimmy McClure, “El Tigre” e dois homens sequestram o agente funerário que iria cuidar do enterro do ex-governador. No caminho ao local do fuzilamente, a carroça da funerária apanha o padre, que é dominado e substituído por Jimmy. Ao ver Blueberry entre o público, Vigo começar a revelar que o ex-tenente tem um prêmio por sua cabeça, mas é impedido pelo falso padre, que o liberta; Blueberry domina Portillo e os soldados mexicanos se rendem, contudo são mortos, com dinamente, por “El Tigre” e o seu bando.

Antes de fugirem da cidade, Vigo é atingido, nas costas, por um punham lançado por um popular que o reconhecera. Blueberry, Jimmy, Red Neck e Vigo se separam de “El Tigre” e rumam para nordeste, em direção aos Estados Unidos da América.  O francês, combatendo o seu tremor compulsivo com álcool, e seu bando, segue no encalço dos quatro. No palácio do governador de Chihuahua, Portillo e os militares mexicanos planejam capturar os fugitivos, contudo esses evitam a estrada e os raros pueblos da região, galopando quase parar, atravessam a desértica Sierra de la Tasajera.


Prancha 41, parte.

À noite, o grupo de Blueberry atravessa o vau de Coyame do Rio Conchos e é descoberto por “El Tigre” e seus homens, que continuam à distância até que Vigo, cada vez pior da punhalada, encontre o ouro.


Prancha 42, parte.

Vigo desmaia e cai do cavalo; enquanto Jimmy e Red Neck cuidam dele, Blueberry prossegue sozinho, encontrando o baú, no local indicado pelo mexicano, cujo cadeado é aberto por um disparo de “El Tigre”.


Prancha 43.

No baú, Blueberry encontra ouro, dinheiro e um colt; ele lança um saco de ouro para o homem que acompanha “El Tigre”, que está bebendo uísque para abrandar a sua febre, mas tem uma crise, mata o seu comparsa, e troca tiros com Mike – era o fim do marquês. Dois homens dominaram Jimmy e Red Neck, sendo surpreendidos pro Blueberry, atiram e também acabam mortos.

Blueberry encontra o recibo do presidente Juarez, cujo o inocentaria do roubo do ouro confederado. Vigo estava muito enfermo e pede uma arma para Blueberry. Os soldados mexicanos vigiam o vau do Rio Grande na cidade de Ojinaga, enquanto os fugitivos galopam, dez milhas ao sul, ao longo do rio. Blueberry decide atravessar o rio em uma curva, sem os cavalos por causa da forte correnteza; ele amarra uma corda na cintura e atravessa as águas turbilhantes a nado – na margem americana, Mike amarra a corda no tronco de uma árvore e os seus dois companheiros o alcançam.

Após descansarem, eles caminham dez milhas e, ao amanhecer, avistam a cidade americana de Presidio, carregados de ouro e com Blueberry afirmando que o prenúncio de ser tornarem milionários era bom.

Afrânio Braga


Fontes das imagens: Dargaud Éditeur: capa de uma das reedições, pranchas 1 a 5. Sceneario: prancha 9. Bedetheque: contracapa da edição da Dargaud; capa, prancha 1 e contracapa da 1ª edição da Hachette; capa da 1ª edição da Novedi; capa e contracapa da 2ª edição da Dupuis. Arts.speleo: pranchas 41B (parte), 42 (parte) e 43. Ebay: serigrafia La Dernière carte (300 exemplares numerados e assinados por Gir).

Blueberry nº 21 La Dernière carte © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Hachette 1983
Blueberry nº 21 La Dernière carte © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Novedi 1983
Blueberry nº 21 La Dernière carte © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Dupuis 1992
Blueberry nº 21 La Dernière carte © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Dargaud 2003
Blueberry © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Dargaud Éditeur




Nenhum comentário:

Postar um comentário