segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Blueberry tome 24 Mister Blueberry N&B

Capa. 


Página 1. 


Página 2. 


Prancha 1.


Prancha 2.


Prancha 3.


Prancha 4.


Prancha 5.


Prancha 6.


Prancha 7.


Prancha 8.


Ficha técnica

Blueberry tome 24 - Mister Blueberry - N&B
Roteiro: Jean Giraud
Desenhos e capa: Jean Giraud
Cores: preto e branco
Volume: 24
Data de publicação: 4 de dezembro de 2015
Paginação: 48 páginas
Gênero: Western
Preço: 18,95 €
Formato: 30x40 cm
Público: Todos os públicos – Família
Dargaud Éditeur, Paris, França

Fonte: Dargaud Éditeur.

N. C.: N. C.: O desenho da capa é um extrato do quadrinho 7 da prancha 14 do álbum “Mister Blueberry”.


Resumo de Blueberry tome 24

Em matéria de western, Blueberry constitui a referência absoluta. Foi em 1963, que é criado esse personagem, para “Pilote” (1), por Charlier e Giraud. Eles estabelecem de saída um sólido soldado que surge como o sósia de Belmondo (2). A semelhança se esfumaça ao longo dos episódios.

Blueberry é um cabeçudo: tinhoso, nem sempre respeitador do rigor militar, indisciplinado, ele não hesita, às vezes, em desertar para melhor completar suas missões. O roteiro utiliza todos os lugares comuns do western americano, com tudo quilo que ele precisa de reviravoltas e personagens pitorescos (Mc Clure (3), Angel Face (4), Red Neck, Chihuahua Pearl (5), etc. - sem contar os índios que são reabilitados pelos autores, ponto de vista adotado também em “Cartland” (6)).

Paralelamente ao ciclo clássico da saga de “Blueberry”, Giraud desenha, entre 1968 e 1970, a juventude do futuro tenente (7). Essa “série” retoma seu curso, em 1985, sob o lápis de Colin Wilson (8), muito respeitador do estilo imposto por Giraud. Os álbuns, sucessivamente, têm sido editados por Dargaud (22 títulos, o essencial da base), em seguida por Fleurus/Hachette (9) (10), depois por Novédi (11) e enfim por Alpen (12) para a novidade desenhada por Vance (13). A Dargaud inicia a reedição dos álbuns “Blueberry” (14) com novas maquetes e novas cores (15).

Enfim!

Descubra o trabalho em preto e branco, em grande formato e com preço muito baixo, de um dos maiores mestres da história em quadrinhos. Primeiro álbum roteirizado inteiramente por Jean Giraud, após o falecimento do genial Jean-Michel Charlier, “Mister Blueberry” é uma obra-prima de maestria gráfica que confirma que, mais que um western, “Blueberry” é a maior série de aventuras da história em quadrinhos.

Fonte: Dargaud Éditeur.

N. C.:

1) “Blueberry” foi lançado na revista “Pilote” Nº 210, de 31 de outubro de 1963, Dargaud Éditeur.

2) O ator francês Jean-Paul Belmondo.

3) Jimmy Mc Clure.

4) Angel Face, apelido de Marmaduke O’Saughtnessy, jovem assassino de aluguel, devido a sua aparência física – branco, loiro, bem afeiçoado e olhos azuis.

5) Chihuahua Pearl, apelido de Lily Calloway, bela cantora e dançarina de saloon, cuja carreira estava no auge em Chihuahua, capital do Estado de Chihuahua, México.

6) “Jonathan Cartland”, personagem western, de uma série homônima, criado pelo roteirista Laurence Harlé e pelo desenhista Michel Blanc-Dumont e lançado, em 1974, em “Lucky Luke”.

7) Histórias publicadas em “Pocket Pilote” e relançadas em álbuns – “La Jeunesse de Blueberry” (“A Juventude de Blueberry”), 1975, “Un Yankee nommé Blueberry” (“Um Ianque Chamado Blueberry”), 1978 e “Cavalier bleu”, 1979.

8) Colin Wilson desenhou seis álbuns da série “La Jeunesse de Blueberry” (“A Juventude de Blueberry”) – três com roteiros de Jean-Michel Charlier e três com roteiros de François Corteggiani, o atual roteirista da série – de 1985 a 1994.

9) A editora Fleurus publicou “La Longue Marche” (“A Longa Marcha”), em 1980.

10) A editora Hachette publicou “La Tribu fantôme” (“A Tribo Fantasma”), 1982, e “La Dernière carte” (“A Última Cartada”), 1983.

11) A editora Novédi publicou “Le Bout de la piste” (“O Fim da Pista”), em 1986.

12) A editora Alpen Publishers publicou “Arizona Love” (“Arizona Love”), volume 23 de “Blueberry”, em 1990, “Sur ordre de Washington” e “Mission Sherman”, respectivamente o primeiro e o segundo volume de “Marshal Blueberry”, em 1991 e 1993.

13) William Vance desenhou, com roteiros de Jean Giraud, os dois primeiros álbuns da série “Marshal Blueberry”, que foi concluída, no terceiro álbum, “Frontière sanglante”, 2000, pelo roteirista Jean Giraud e pelo desenhista Michel Rouge.

14) A Dargaud publicou a série “Blueberry” de “Fort Navajo” (“Forte Navajo”), 1965, a “Nez Cassé” (“Nariz Partido”), 1980; retomou a publicação, em 1995, com “Mister Blueberry” (“Mister Blueberry”), e relançou os álbuns publicados pelas demais editoras.

15) Os álbuns da série “La Jeunesse Blueberry” (“A Juventude de Blueberry”) desenhados por Michel Blanc-Dumont, foram pintadas, à exceção de “Gettysburg”, por Claudine Blanc-Dumont, a sua esposa, falecida em 10 de outubro de 2012, que também repintou vários volumes da série “Blueberry”.


Blueberry tome 24 Mister Blueberry N&B © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Dargaud Éditeur 2015


Afrânio Braga


Nenhum comentário:

Postar um comentário