domingo, 1 de maio de 2016

“La Jeunesse de Blueberry” nº 7 “La poursuite impitoyable”

Capa, reedição de 2003. 



Prancha 1. 



Prancha 2. 



Prancha 3. 



Contracapa, reedição de 2003. 

Ficha técnica

“La poursuite impitoyable”
“A Perseguição Implacável”
Roteiro: François Corteggiani
Desenhos e capa: Colin Wilson
Cores: Janet Gale
Volume: 7
Ano de publicação: Novedi: 1992 (1) (2); Dupuis: 1992 (1) (2) (3) Dargaud: 2003 (4) (5).
Número de pranchas: 46
Gênero: Western
Preço: 11.99 €
Formato: 22,5x29,5 cm
Público: Todos os públicos – Família
Novedi, Bélgica
Dupuis, Charleroi, Bélgica
Dargaud Éditeur, Paris, França

Fonte: Dargaud Éditeur e Bedetheque.

N. C.: Novedi e Dupuis: 1) Capa dupla – o desenho se estende da capa à contracapa. 2) Contracapa: “Blueberry”: 23 títulos; “La Jeunesse de Blueberry”: 7 títulos. 3) Dupuis: Collection Repérages. Dargaud: 4) Duas edições publicadas em 2003. 5) Contracapa: “Blueberry”: 27 títulos; “Marshal Blueberry”: 3 títulos; “La Jeunesse de Blueberry”: 13 títulos; “Hors collections”: 3 títulos.


Paralelamente ao ciclo clássico da saga de Blueberry, Jean Giraud desenha, entre 1968 e 1970, a juventude do futuro tenente. Essa “série” retoma seu curso em 1985 sob o lápis de Colin Wilson, muito respeitoso do estilo imposto por Jean Giraud.

Quando Jean-Michel Charlier e Jean Giraud se lançaram em “La Jeunesse de Blueberry”, eles não poderiam imaginar a qual ponto essa outra faceta da vida de Blueberry iria apaixonar os leitores. Hoje, é Michel Blanc-Dumont que assume o grafismo – com maestria – ao lado do roteirista François Corteggiani.

Fonte: Dargaud Éditeur.



A capa, Novedi, 1992



A prancha 3, Novedi



A contracapa, Novedi



A capa, Dupuis, 1992



A contracapa, Dupuis


Primeiro episódio assinado por Corteggiani, que tem a difícil tarefa de substituir Charlier, bem como de terminar uma história que aquele não concluiu.

Nesse contexto diríamos que ele não se saiu mal, embora a sucessão parecesse difícil.

Ponto positivo, ele retoma o desenvolvimento da personagem do sargento Grayson que Charlier tinha criado no álbum precedente. Para resumir, Grayson vem do Novo México, o que faz Blueberry responder (via Charlier): “O território dos comedores de pimentas? Nenhuma chance que eu vá lá algum dia!”

Voltaire

Fonte: Bedetheque.


A série “Blueberry” foi criada por Jean-Michel Charlier e Jean Giraud.

Fonte das imagens: BDfugue: pranchas 1, 2 e 3 e contracapa, Dargaud, 2003. Bedetheque: capa, Dargaud, 2003; capa, prancha 3 e contracapa, Novedi, 1992; capa e contracapa, Dupuis, 1992.

La Jeunesse de Blueberry nº 7 La poursuite impitoyable © François Corteggiani, Colin Wilson, Novedi 1992
La Jeunesse de Blueberry nº 7 La poursuite impitoyable © François Corteggiani, Colin Wilson, Dupuis 1992
La Jeunesse de Blueberry nº 7 La poursuite impitoyable © François Corteggiani, Colin Wilson, Dargaud Éditeur 2003


Afrânio Braga


Nenhum comentário:

Postar um comentário