sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Blueberry tome 26 Geronimo l’Apache N&B

Capa. 


Extrato do quadrinho 1 da prancha 45. 


Página 1. 


Prancha 1. 


Prancha 2. 


Prancha 3. 

Ficha técnica

Blueberry tome 26 – Geronimo l’Apache - N&B
Roteiro: Jean Giraud
Desenhos e capa: Jean Giraud
Cores: preto e branco
Volume: 26
Data de publicação: 2 de dezembro de 2016
Paginação: 56 páginas
Gênero: Western
Preço: 18,95 €
Formato: 30x40 cm
Público: Todos os públicos – Família
Dargaud Éditeur, Paris, França

Fonte: Dargaud Éditeur.

N. C.: O desenho da capa é um extrato do quadrinho 3 da prancha 13 do álbum “Geronimo l’Apache”.


Resumo de Blueberry tome 26

Como em uma tragédia grega bem ajustada, a tensão aumenta em Tombstone. O duelo do OK Corral torna-se, mais e mais, inevitável e a figura de Gerônimo não cessa de impor-se. O leitor está preso em um turbilhão: ele tem a impressão de ver duas ondas subir, de assalto, uma sobre a outra. Aliás, tudo parece duplo nesse álbum. As duas intrigas: aquela do OK Corral e aquela do “mistério” Blueberry.

Jean Giraud, que se duplica, maquiavélico ao roteiro e virtuoso ao desenho. Blueberry permanece acamado, ferido, e que, portanto, não cessa de contar, em um atordoante flash-back, verdadeira história na história, autêntica luta de Blueberry contra seu duplo. E há, sobretudo, esse duelo, inevitável, que todo mundo espera e que exerce uma verdadeira tensão, que enerva toda a narrativa.

E, enfim, se alguém quiser encontrar uma última dualidade, como não evocar o personagem Gerônimo, que dá seu título ao álbum? Ou, antes, se será tentado em expor os dois Gerônimo, aquele que Blueberry tem enfrentado no passado e o Apache, bem presente, que espreita entorno de Tombstone...

Além disso, pode ser ele o verdadeiro fio condutor, o verdadeiro herói desse ciclo. Quê dizer mais? É evidente que nós nos encontramos na presença de uma obra forte, poderosa, que marcará, certamente, um apogeu na já longa saga do western.

Os originais de Jean Giraud, escaneados em altíssima definição, e a sensação última de tocar as pranchas tais como o mestre incontestado do desenho as entregou. Essa edição, em grande formato, é um regalo absoluto para todos os amantes da história em quadrinhos, uma magistral lição de beleza.

Fonte: Dargaud Éditeur.

Blueberry tome 26 Geronimo l’Apache N&B © Jean-Michel Charlier, Jean Giraud, Dargaud Éditeur 2016


Afrânio Braga

sábado, 1 de outubro de 2016

“La Jeunesse de Blueberry” nº 10 “La Solution Pinkerton”

Capa, 2013. 


Página 2. N. C: Dedicatória: Para Michel Greg (dito “le Dabe”), cavalheiro do sul.


Prancha 1. 


Prancha 2. 


Prancha 3. 


Contracapa, 2013.

Ficha técnica

“La Solution Pinkerton”
“A Solução Pinkerton”
Roteiro: François Corteggiani
Desenhos e capa: Michel Blanc-Dumont
Cores: Claudine Blanc-Dumont
Volume: 10
Ano de publicação: 1998; 2004 (a); 2006 (b); 2013 (1)
Número de pranchas: 46
Gênero: Western
Preço: 11.99 €
Formato: 22,5x29,5 cm
Público: Todos os públicos – Família
Dargaud Éditeur, Paris, França

Edição: a) Collection Les indispensables de la BD. Encarte de 4 páginas no início do álbum: p. 1: cartaz de Blueberry tipo “Wanted”; p. 2 e p. 3: cronologia dos álbuns do “Lieutenant” (2), do “Marshal” (3) e da “Jeunesse” (4); p. 4: biografia dos 2 autores, Charlier e Giraud, mais anúncio do filme (5). b) Collection Les indispensables de la BD. Novo ISBN. Sem o encarte de 4 páginas no início do álbum como o precedente “indispensable de la BD”.

Fonte: Dargaud Éditeur e Bedetheque.

N. C.: 1) As contracapas das quatro edições apresentam os títulos publicados de “Blueberry”, “Marshal Blueberry”, “La Jeunesse de Blueberry” e “Hors collections” até então. 2) “Lieutenant”, “Tenente”: série “Blueberry”. 3) “Marshal”: série “Marshal Blueberry”. 4) “Jeunesse”, “Juventude”: série “La Jeunesse de Blueberry”. 5) Filme “Blueberry, l'expérience secrete” (“Blueberry. Desejo de Vingança”, título no Brasil).



A capa, 1998.



A prancha 41, 1998.



A contracapa, 1998.


Capa do estojo da Tirage de Tête.

10TT. La Solution Pinkerton
Roteiro: François Corteggiani
Desenhos: Michel Blanc-Dumont
Cores: Claudine Blanc-Dumont
Ano de publicação: 1998
Editora: Raspoutine
Número de pranchas: 46
Formato: 22,5x29,5 cm
Edição: Estojo lançado em 333 exemplares e compreendendo um offset numerado e assinado e uma figura em papelão, tudo em uma caixa em metal serigrafado.


Fonte: Bedetheque.


TT de “La Jeunesse de Blueberry” volume 10.

Estojo Tirage de Tête limitado a 333 exemplares numerados e assinados, compreendendo uma figura cartonada, um ex-libris serigrafado em cores numerado e assinado e formato 25,5x33,5 cm, um álbum cartonado em cores com capa inédita e um dossiê de 6 páginas de textos, ilustrações e croquis em papel marfim. Tudo em um estojo metálico serigrafado. Fonte: Danièle Morin, França.











Tirage de Tetê “La Jeunesse de Blueberry” tome 10 “La Solution Pinkerton”. Autores: François Corteggiani e Michel Blanc-Dumont. Editora: Raspoutine. Álbum cartonado, impresso em cores, mais 8 páginas de croquis, rascunhos e desenhos inéditos, sob um capa inédita. É acompanhado de um offset numerado e assinado, uma figura em papelão recortado e é entregue ema caixa em metal serigrafado. Fonte: ya-too.


Julho de 1864, Savannah. Dois desconhecidos vão propor a um obscuro ator de teatro para ir representar o papel de sua vida em Atlanta. Lugar esquisito para bancar o canastrão!  De fato, Atlanta, resistida pelo general sulista John Bell Hood e sitiada pelo general Sherman, está em fogo e em sangue.

Em Washington, certo Allan Pinkerton tem encontrado uma solução definitiva para parar a guerra que consiste em privar os exércitos sulistas de seus chefes mais valorosos. Quanto ao arrojado tenente Blueberry, encalhado em um batalhão disciplinar, ele é encarregado de escoltar uma delegação do Partido da Paz, de cujo faz parte a encantadora Eleonore Mitchell, em Atlanta.

Mas Blueberry ignora que um membro da delegação deve liquidar o general John Bell Hood, primeiro alvo dos promotores da famosa “solução Pinkerton”. E, breve, tudo vai se retornar. O ator vai interpretar o papel de sua vida, seu último, e Blueberry vai se encontrar frente a um pelotão de execução.

Retomando o desenho em sequência a Colin Wilson, Michel Blanc-Dumont se mostra à altura de sua reputação, aquela de um dos maiores desenhistas realistas atuais, sobre um roteiro fiel à “tradição Blueberry”: bem amarrado, cheio de ação e de reviravoltas que nunca fraquejam. Blueberry, encarregado de uma nova missão quase impossível, se safará dessa enrascada? Vocês saberão lendo “La Piste des maudits”, volume 11 da série “La Jeunesse de Blueberry”.

Fonte: Dargaud Éditeur.


A série “Blueberry” foi criada por Jean-Michel Charlier e Jean Giraud.

Fonte das imagens: BDfugue: capa, página 2, pranchas 1, 2 e 3, 2013. Bedetheque: contracapa, 2013; capa, prancha 41 e contracapa, 1998; capa do estojo da TT. Danièle Morin: Tirage de Tête (estojo, álbum, ex-libris e figura cartonada). ya-too: Tirage de Tête (estojo, álbum, ex-libris e figura cartonada).

La Jeunesse de Blueberry nº 10 La Solution Pinkerton © François Corteggiani, Michel Blanc-Dumont, Dargaud Éditeur 1998, 2004, 2006, 2013
TT La Jeunesse de Blueberry nº 10 La Solution Pinkerton © François Corteggiani, Michel Blanc-Dumont, Raspoutine 1998


Afrânio Braga